Unimed Federação Minas promove capacitação sobre o eSocial

Unimed Federação Minas promove capacitação sobre o eSocial

Nos dias 16 e 17, a Unimed Federação Minas promoveu o Treinamento “eSocial: novas rotinhas de controle trabalhista e previdenciário”, voltado aos profissionais das áreas de Contabilidade, Tecnologia e Departamento Pessoal das Unimeds mineiras. Contando com 39 participantes de 19 cooperativas do estado, o curso foi ministrado por Filemon Augusto de Oliveira e Angélica Amaral Fernandes.

“Uma das metas da federação é capacitar os profissionais do Sistema mineiro, para que possam trabalhar com toda a parte de legislação, quer seja da Receita Federal, da ANS e/ou do Ministério do Trabalho. Hoje, temos várias obrigações e precisamos nos preparar para atendê-las, cumprindo os prazos e o que foi determinado”, ressaltou Sheyla Bertholasce Leite, superintendente de Desenvolvimento e Relacionamento da Unimed Federação Minas, na abertura do evento. “Aproveitem o treinamento para tirar dúvidas e entender mais sobre o que vai mudar. No que precisarem, a federação está à disposição de vocês”, complementou Vilmar Rossi, gestor de Controladoria da Unimed Federação Minas.

“O Governo teve o interesse em utilizar a tecnologia para implantar uma fiscalização mais eficiente e eficaz, daí, criou o SPED (Sistema Público de Escrituração Digital). Para o Governo, a entrega única facilitará em muito a busca e crítica de irregularidades, tais como prazos desrespeitados, erros de cálculo e declarações inconsistentes”, destacou o palestrante Filemon Augusto de Oliveira.

Desde 2007 o Governo Federal vem implantando o chamado SPED – que hoje já contempla a emissão de Notas Fiscais Eletrônicas e dos Conhecimentos de Transporte Eletrônicos, a emissão de livros e demonstrações contábeis, os livros fiscais de ICMS e IPI, a apuração e demonstração do Pis e Cofins. Agora, com o eSocial, a fiscalização será on-line, averiguando, cruzando informações e multando automaticamente as infrações cometidas. “Teremos um único arquivo que atenda todas as normas de fiscalização. Ao invés de várias obrigações acessórias, passo a ter uma unificada”, frisou Filemon Oliveira.

“Com o eSocial, muitas mudanças virão, principalmente no que compete à necessidade de maior integração das áreas (Financeira, Contabilidade e Departamento Pessoal). A mudança exigirá mais rapidez, agilidade e um sistema que permita um fluxo de informações mais dinâmico”, Renata Lúcia dos Santos Nunes, da Unimed Caratinga.

“Como se trata de um tema novo existem muitas dúvidas e receios. O treinamento veio para clarear o assunto e nos dar um norte sobre o que vai mudar. Agora, sabemos por exemplo, o que será incluído e o que será excluído. Haverá uma unificação de informações”, Júnia Celi das Graças, da Unimed Sete Lagoas.

Nos dias 16 e 17, a Unimed Federação Minas promoveu o Treinamento “eSocial: novas rotinhas de controle trabalhista e previdenciário”, voltado aos profissionais das áreas de Contabilidade, Tecnologia e Departamento Pessoal das Unimeds mineiras. Contando com 39 participantes de 19 cooperativas do estado, o curso foi ministrado por Filemon Augusto de Oliveira e Angélica Amaral Fernandes.

“Uma das metas da federação é capacitar os profissionais do Sistema mineiro, para que possam trabalhar com toda a parte de legislação, quer seja da Receita Federal, da ANS e/ou do Ministério do Trabalho. Hoje, temos várias obrigações e precisamos nos preparar para atendê-las, cumprindo os prazos e o que foi determinado”, ressaltou Sheyla Bertholasce Leite, superintendente de Desenvolvimento e Relacionamento da Unimed Federação Minas, na abertura do evento. “Aproveitem o treinamento para tirar dúvidas e entender mais sobre o que vai mudar. No que precisarem, a federação está à disposição de vocês”, complementou Vilmar Rossi, gestor de Controladoria da Unimed Federação Minas.

“O Governo teve o interesse em utilizar a tecnologia para implantar uma fiscalização mais eficiente e eficaz, daí, criou o SPED (Sistema Público de Escrituração Digital). Para o Governo, a entrega única facilitará em muito a busca e crítica de irregularidades, tais como prazos desrespeitados, erros de cálculo e declarações inconsistentes”, destacou o palestrante Filemon Augusto de Oliveira.

Desde 2007 o Governo Federal vem implantando o chamado SPED – que hoje já contempla a emissão de Notas Fiscais Eletrônicas e dos Conhecimentos de Transporte Eletrônicos, a emissão de livros e demonstrações contábeis, os livros fiscais de ICMS e IPI, a apuração e demonstração do Pis e Cofins. Agora, com o eSocial, a fiscalização será on-line, averiguando, cruzando informações e multando automaticamente as infrações cometidas. “Teremos um único arquivo que atenda todas as normas de fiscalização. Ao invés de várias obrigações acessórias, passo a ter uma unificada”, frisou Filemon Oliveira.

“Com o eSocial, muitas mudanças virão, principalmente no que compete à necessidade de maior integração das áreas (Financeira, Contabilidade e Departamento Pessoal). A mudança exigirá mais rapidez, agilidade e um sistema que permita um fluxo de informações mais dinâmico”, Renata Lúcia dos Santos Nunes, da Unimed Caratinga.

“Como se trata de um tema novo existem muitas dúvidas e receios. O treinamento veio para clarear o assunto e nos dar um norte sobre o que vai mudar. Agora, sabemos por exemplo, o que será incluído e o que será excluído. Haverá uma unificação de informações”, Júnia Celi das Graças, da Unimed Sete Lagoas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.